O Flamengo entrou em campo pela última vez, antes da Copa América, na noite de quarta-feira (12), quando bateu o CSA por 2 x 0, e terá, somado o período de recesso dos jogadores e de treinamentos com Jorge Jesus, quase 30 dias de intervalo para a próximo compromisso, diante do Athletico-PR, pela Copa do Brasil, em 10 de julho (quarta-feira).

Nessa pausa, novos nomes podem pintar ou deixar o clube. Sobre contratações, o técnico já declarou que, com exceção de Rafinha – cuja negociação se iniciou antes do acordo com o português – todos os nomes devem passar pelo seu aval, seja para sair ou para deixar o elenco. A prioridade continua sendo um zagueiro e um centroavante de ofício, porém, não estão descartadas a chegada de jogadores para as laterias e o meio de campo.

É o caso de Thiago Maia, ex-Santos e atualmente no Lille, da França. Segundo informação do portal ogol.com.br, Jorge Jesus foi consultado e deu o seu ‘de acordo’ para que os dirigentes prossigam Nas negociações. A ideia inicial do Mais Querido é conseguir o empréstimo do jogador por um ano. As atuações modestas do meio-campo na França, podem ser um facilitador diante dos franceses.

Aos 22 anos, Thiago Maia seria opção para a posição do questionado, embora titular absoluto, William Arão. O volante se destacou no Santos, onde conquistou dois campeonatos paulistas. Em 2017, recebeu propostas do Paris Saint Germain (PSG), mas acertou sua saída para o Lille. Ele tem passagens pelas seleções brasileiras Sub-17, Sub-20 e Sub-23 e conquistou o até então inédito ouro olímpico para o futebol brasileiro na edição dos jogos no Rio de Janeiro, em 2016.

Retirado de: Coluna do Flamengo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui