Cria do Flamengo lamenta falta de chances no time e alfineta Jorge Jesus

0
Cria do Flamengo lamenta falta de chances no time e alfineta Jorge Jesus
Cria do Flamengo lamenta falta de chances no time e alfineta Jorge Jesus
Publicidade

Negociado ao Al Ahli Shabab em fevereiro deste ano, Yuri César falou em entrevista ao GloboEsporte.com sobre seu retorno ao Flamengo após ter sido emprestado ao Fortaleza em 2020 e sua visão sobre o cenário no qual o clube da Gávea se encontrava.

O jogador também falou sobre o fato de jogadores da base não aparecerem em campo no time sob o comando de Jorge Jesus.

Publicidade

— Conversei muito com meu empresário sobre isso, falei que muita coisa poderia acontecer no Flamengo. O Rogério estava lá, mas naquela fase de não emplacar muitas vitórias. Seria complicado se eu chegasse, e fosse um treinador que não gostasse da base. Assim como em 2020, quando fui emprestado, e o treinador (Jorge Jesus) não era tão chegado nos garotos da base. Falei isso, e que a questão financeira ia ajudar muito também. Botei esses casos na balança para poder decidir.

Em relação à sua saída do Flamengo recentemente, o atleta falou sobre como viu o elenco sob o comando de Ceni e o motivo pelo qual optou por não continuar no elenco rubro-negro.

— Para mim foi difícil. Eu vi que quando ele (Ceni) foi para lá, colocando os moleques da minha idade, com quem eu joguei. Para mim estava sendo difícil, porque eu estava doido para acabar a temporada e voltar. Mas foram acontecendo as eliminações e fiquei com pé atrás.

Com dois troféus a mais na prateleira desde a chegada de Ceni, o Mais Querido mira uma conquista neste fim de semana para permanecer na busca de mais um título de Campeão Carioca. A partida decisiva pela semifinal do estadual contra o Volta Redonda ocorrerá neste sábado (08), às 21h05 (horário de Brasília), no Maracanã. O evento será transmitido pela Record e em pay-per-view.

Publicidade