Empresário defende Gabigol e detona Rede Globo

499
Empresário defende Gabigol e detona Rede Globo
Empresário defende Gabigol e detona Rede Globo
Publicidade
Empresário defende Gabigol e detona Rede Globo
Empresário defende Gabigol e detona Rede Globo

Junior Pedroso, empresário de Gabigol, foi às redes sociais para defender o atacante do Flamengo neste domingo. O jogador participou de uma aglomeração com cerca de 150 pessoas em um cassino clandestino de luxo na capital paulista há uma semana.

O Ministério Público de São Paulo propôs o pagamento de 100 salários mínimos ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD), mas Gabigol ainda pode responder por crime contra a saúde no artigo 268 do código penal, sobre desrespeitar medida do poder público para evitar a propagação de doença contagiosa.

Publicidade

O agente admitiu o erro do atleta de 24 anos, porém, fez ressalvas. Leia abaixo:

“O Gabriel errou ao quebrar o lockdown? Errou! Reconheceu o erro? Sim! Deu a cara publicamente para a emissora que mais alfinetou e se posicionou com a personalidade que é peculiar! Mesmo assim, continuaram massacrando-o como se ele fosse o grande culpado para o caos causado pela covid no Brasil. Saiu de camburão, enquanto outros frequentadores não. Oportunistas pegaram carona na sua popularidade e quiseram expor o que deveria ser segredo de justiça. O Gabriel não é nenhum santo e nem passa essa imagem, mas ele tem 24 anos, dono de uma carreira precoce e vitoriosa e responsável por sustentar algumas famílias e de se envolver em questões sociais, o que não gosta de falar”, disse Junior Pedroso.

“Resolvi escrever porque acompanho a tristeza do Gabriel à espera da determinação da Justiça (inclusive já tornaram público um possível acordo sugerido pela promotoria) e a angústia dos seus pais, que sempre foram muito presentes e preocupados com sua carreira, com sua imagem, com seu caráter! E ele vai pagar o que a Justiça determinar! Descobriu na pele a gravidade do erro que cometeu e aprendeu! Vai errar novamente? Vai! Mas sua conduta pós erro vai determinar seu caráter, sua reputação, sua maneira de resolver seus problemas. O julgamento vai continuar, mas antes de apontar o dedo, tente entender todos os lados e tome cuidado que amanhã você pode estar no banco dos réus”, completou o empresário.

Retirado de: Gazeta Esportiva

Publicidade