Ex-Flamengo, Gerson sofre ataques depois de derrota do Olympique de Marselha

933
Publicidade

O Flamengo está vivo em três competições: Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores. Com a pandemia do Covid-19, o clube sofreu um pouco com as receitas e teve que vender o meia Gerson. O jogador ficou marcado pelas atuações, carinho da torcida e o futebol apresentado em campo. O desempenho despertou o interesse do Olympique de Marselha, mas o atleta vem encontrando dificuldade para se adaptar ao time.

Na partida diante do Lille, pelo Campeonato francês, no último domingo (03), o meia foi substituído no início do segundo tempo. Ao sair de campo, o jogador saiu visivelmente insatisfeito com o treinador Jorge Sampaoli e sofreu ataques da torcida nas redes sociais. Vale destacar que Gerson recebeu críticas do companheiro Mattéo Guendouzi publicamente.

Publicidade

Gerson tem atuado em uma posição diferente da época do Flamengo, isso agrava sua adaptação no time. O jogador foi questionado sobre não ajudar na marcação e não correr em campo. O atleta tem recebido o apoio de uma parte da torcida e estampado algumas matérias de jornais franceses. Recentemente, o Coringa foi visto isolado do restante do plantel antes de uma partida.

Gerson teve uma primeira passagem apagada pela Europa, antes de atuar pelo Flamengo. O ex-camisa 8 do Mais Querido virou o xodó da torcida com raça e técnica dentro de campo. Pelo Rubro-Negro, o atleta disputou 102 jogos, com seis gols marcados e 11 assistências. No clube carioca, conquistou alguns títulos como a Copa Libertadores da América: 2019, Campeonato Brasileiro: 2019, 2020, Supercopa do Brasil: 2020, 2021, Recopa Sul-Americana: 2020, e Campeonato Carioca: 2020, 2021.

Publicidade