O pedido de demissão do técnico Abel Braga pegou a diretoria, os jogadores e também a torcida do Flamengo de surpresa. Apesar do contestado trabalho, esperava-se que a cúpula rubro-negra decidisse demitir o treinador, mas não que o próprio tomasse tal atitude. Para justificar seu ato, Abel alegou que não se sentia confortável com a insegurança interna, afirmando que foi abandonado pela gestão. No entanto, para o ex-jogador e comentarista Fabio Luciano, foi o próprio técnico quem causou o desconforto.

Durante a edição desta sexta-feira (31) do programa ESPN Bom dia, o “Capitão”, como é chamado até hoje por torcedores do Flamengo, destacou que atitudes de Abel tornaram a sua sequência no clube insustentável. Em sua afirmação, Fabio evidenciou a declaração do treinador após as derrotas para Atlético-MG e Internacional, na quais o comandanta disse que perder jogos daquele tipo era algo normal.

– Não foi o torcedor quem fritou o Abel, Abel se fritou sozinho. Não entendeu o que é Flamengo. Não se fala para a torcida que é normal o Flamengo perder. Flamengo não joga na defensiva. Não se diz que outro estádio é mais bonito que o Maracanã. A torcida quer o DNA rubro-negro -, afirmou Fabio Luciano.

Agora sem Abel Braga, quem assume o comando interinamente é Marcelo Salles, antes auxiliar técnico. Marcelo comandará o Flamengo por três partidas, que são as restantes antes da pausa para a Copa América. O primeiro desses compromissos está marcado para as 16h do sábado (01), contra o Fortaleza, no Engenhão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui