Flamengo busca no mercado um meia de criação para contratar

119
Flamengo mapeia o mercado para contratar um meia de criação
Flamengo mapeia o mercado para contratar um meia de criação
Publicidade

O desejo de Rogério Ceni em contar com um meia armador para a reserva de Arrascaeta e Everton Ribeiro foi externado nesta semana, mas no Flamengo a busca não é de agora.

Ainda cauteloso no mercado de contratações, o clube segue mapeando opções, já realizou algumas sondagens para saber valores e identificar possibilidades, mas não tem negociação em andamento no momento. A diretoria entende que é difícil buscar alguém de nível parecido dos titulares sem investimento relevante.

Publicidade

A contratação de um meia é vista como uma das prioridades no mercado, assim como a de um atacante que atue pelos lados. Mas não há qualquer pressa. Desde que desistiu da contratação de Rafinha, o Flamengo manteve os pés no chão e priorizou manter sua folha salarial em vez de fazer novos gastos.

— Temos boas opções na maioria das posições, mas alguns jogadores são tão especiais que são difíceis de substituir. Everton e Arrascaeta não têm similares. Michael é mais de velocidade, Vitinho de finalização. São diferentes. Dentro da característica do time, precisamos de meias criativos. Realmente não temos peças de reposição com essas características. Na maioria das posições estamos bem, e temos que entender o momento financeiro também – disse Ceni, em entrevista ao “Bem, Amigos” na segunda-feira.

Além de Arrascaeta e Everton Ribeiro, o Flamengo tem como meias de origem no elenco dois jogadores que vêm atuando mais recuados, como volantes: Diego e Pepê. No sub-20, os principais nomes são os de Yuri de Oliveira e Max, que foram pouco usados no início do Carioca.

Até o momento, o Flamengo fez apenas uma contratação para a temporada: o zagueiro Bruno Viana, que veio por empréstimo do Braga, de Portugal, até dezembro.

Retirado de: Globo Esporte

Publicidade