Flamengo joga contra o La Calera para se isolar na Libertadores e fechar mês marcado por dois títulos

0
Flamengo joga contra o La Calera para se isolar na Libertadores e fechar mês marcado por dois títulos
Flamengo joga contra o La Calera para se isolar na Libertadores e fechar mês marcado por dois títulos
Publicidade

A temporada 2021 ainda está engatinhando, mas o Flamengo já passou por provações consideráveis, sobretudo neste mês, marcado pela conquista de dois títulos (Supercopa do Brasil e Taça Guanabara), além da sonora derrota para o Vasco e a boa estreia na Libertadores. Foi intenso… Aliás, está intenso. Isso porque, o Rubro-Negro fecha abril com o jogo desta terça-feira, contra o Unión La Calera, às 19h15, no Maracanã, e válido pela segunda rodada do Grupo G.

Neste momento, o Flamengo, que triunfou na estreia diante do Vélez Sarsfield, soma três pontos e lidera soberano no grupo, já que Unión La Calera e LDU empataram na primeira rodada. Uma nova vitória, desta vez diante dos chilenos, deixará o Rubro-Negro isolado na briga pela classificação às oitavas.

Publicidade

Sobre o jogo desta noite, Rogério Ceni alertou para a qualidade do time comandado pelo argentino Luca Marcogiuseppe e projetou:

— É uma equipe que eu gostei bastante. Jogadores bem técnicos, rápidos e que tocam bem a bola. Eu acho que é uma equipe que vai trazer dificuldade não só para o Flamengo, mas como já mostrou contra a LDU. E vai trazer dificuldade contra o Vélez. Vai ser uma chave mais equilibrada do que todos imaginavam.

Ceni deve mandar a campo o mesmo time que estreou na Liberta, ou seja: Diego Alves; Isla, Willian Arão, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Diego, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol.

Abril do Flamengo:

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Gávea News (@gaveanews)

Ao todo, o Flamengo já jogou seis partidas em abril. Venceu três, empatou duas (incluindo a decisão com o Palmeiras, que culminou no título nacional após disputa por pênaltis) e perdeu uma – para o Vasco. O aproveitamento antes do último compromisso no mês é de 61,1%.

E o mês de maio, sobretudo se o Flamengo confirmar o favoritismo contra o Volta Redonda e avançar à final, será de uma rotina insana até para os padrões brasileiros, podendo chegar a nove jogos no calendário. Até por isso, tendo três partidas da Libertadores agendada, será essencial fechar abril com triunfo para Rogério Ceni ter mais tranquilidade ao rodar o elenco.

Retirado de: Lance

Publicidade