Flamengo não descarta empréstimo de Rodrigo Muniz

146
Flamengo não descarta empréstimo de Rodrigo Muniz
Flamengo não descarta empréstimo de Rodrigo Muniz
Publicidade

Muniz sorri após marcar um gol para o Flamengo durante o jogo contra o Macaé no Campeonato Carioca de 2021 (Foto: Marcelo Cortez/Flamengo)

O Flamengo ainda tem uma pendência para finalizar o processo de valorização de destaques do Sub-20 que foram promovidos recentemente ao elenco profissional: Rodrigo Muniz. Mas a diretoria já trabalha nessa demanda e terá reuniões nos próximos dias com os empresários do atacante, segundo uma fonte da diretoria rubro-negra.

Publicidade

Como Rodrigo Muniz já faz parte do elenco profissional, mas ainda está com “salário de Sub-20”, a ideia da diretoria do Flamengo é dar uma valorização ao atacante, que se destacou na vitória sobre o Macaé, e estender o contrato por mais uma temporada.

O atual compromisso do centroavante vai até abril de 2024, ou seja, o novo iria até 2025. O processo é o mesmo que foi feito recentemente com Hugo Souza, Matheuzinho, Natan, Ramon e João Gomes, que tiveram os respectivos vínculos renovados, mas com aumento nos vencimentos.

Por outro lado, um novo empréstimo (Rodrigo Muniz chegou a ser cedido ao Coritiba em 2020) não está descartado para que o atacante ganhe rodagem e experiência, já que atualmente Gabigol e Pedro são os que mais jogam no setor ofensivo. Segundo apurou a reportagem, Atlético-GO, Fortaleza, Sport e Ceará, clubes da Série A, Ponte Preta, Guarani e Goiás, times da Série B, demonstraram interesse no jovem centroavante.

O interesse de Atlético-GO e Sport é antigo. Quando Rodrigo Muniz foi para o Coritiba, no meio do ano passado, os dois clubes realizaram proposta para ter o atacante, mas a relação de Paulo Pelaipe, então diretor do Coxa, com Marcos Braz, vice de futebol do Flamengo, e o projeto apresentado pesaram a favor.

No caso do Sport, a rivalidade fora das quatro linhas pesa e dificilmente a atual gestão cederá Rodrigo Muniz para o clube pernambucano. Jair Ventura, atual técnico do Leão da Ilha, quer (e muito) ter o atacante em seu elenco, mas sabe que a diretoria carioca não tem a intenção de fazer negócios por conta da polêmica de 87, ano em que o Rubro-Negro carioca ganhou o Brasileiro de 87, mas vê o Rubro-Negro de Recife se dizer dono da taça.

Quem está mais próximo de conseguir a contratação de Rodrigo Muniz desta vez é o Atlético-GO. O Dragão, além de ser um clube estruturado, irá disputar a Copa Sul-Americana, algo que agrada não só a Rodrigo Muniz, mas também ao Flamengo. Em contato com Adson Batista, presidente do time goiano, ele não escondeu a vontade de ter o centroavante: “Quero muito”.

Quem corre por fora e usa o bom relacionamento com Rogério Ceni é o Fortaleza. O Leão de Pici conversa nos bastidores para tentar a contratação de Rodrigo Muniz por empréstimo até dezembro. O presidente do clube, Marcelo Paz, não desmentiu e confirmou que gosta do jogador: “Acho um bom nome”.

Enquanto isso, Rodrigo Muniz se prepara junto com os demais jogadores para pegar o Fluminense no domingo, no Maracanã, às 18h, pela terceira rodada da Taça Guanabara. O atacante será mantido no time titular para pegar o Tricolor.

Retirado de: O Dia

Publicidade