Flamengo opta por Ceni e não buscará novo técnico para 2021

10
Flamengo opta por Ceni e não buscará novo técnico para 2021
Flamengo opta por Ceni e não buscará novo técnico para 2021
Publicidade

Marcos Braz abraçando Rogério Ceni com a bandeira do Flamengo – Foto: Reprodução

GOAL: Raisa Simplicio

Publicidade

Nem mesmo a conquista do Campeonato Brasileiro foi capaz de acabar com a desconfiança de parte da torcida do Flamengo em relação ao trabalho de Rogério Ceni. O treinador esteve muito perto de deixar o clube algumas vezes, mas foi mantido no cargo e agora vai iniciar a temporada 2021 no comando da equipe Rubro-Negra.

O trabalho de Rogério Ceni é avaliado como positivo internamente. A avaliação é de que o início foi complicado por conta de adaptação e ausência de atletas que estavam ou na seleção ou lesionados, mas que o time encaixou na reta final do Campeonato Brasileiro.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, fez questão de bancar a permanência de Rogério Ceni e elogiou o treinador.

“Flamengo tem contrato com o Ceni até 31 de dezembro, nós estamos muito felizes com ele. O time voltou a encaixar, voltou a jogar bem”.

Outro fator importante levado em consideração pela diretoria é de que agora Rogério Ceni terá um certo tempo para colocar melhor as suas ideias em prática, como por exemplo, encontrar espaço para Gabigol e Pedro, e elevar o desempenho da equipe.

A melhor utilização de Pedro, inclusive, é sempre pauta interna. O investimento alto feito no atleta, o Flamengo exerceu o direito de compra de 14 milhões de euros junto a Fiorentina, e o potencial visto no jogador, deixam os dirigentes na expectativa de vê-lo mais tempo em campo.

Ceni também deixou claro o desejo de cumprir o contrato com o Flamengo. Na reta final do Brasileirão 2020, quando Fernando Diniz foi demitido do comando do São Paulo, ele deixou claro que não ouviria nenhuma proposta e que estava focado nos objetivos do Rubro-Negro.

Naquele momento, Rogério Ceni passava por turbulências no Flamengo e só não foi demitido por falta de opções no mercado. Agora, campeão brasileiro, ele terá tempo e a chance de conquistar de vez o torcedor Rubro-Negro.

Publicidade