Flamengo prepara saída de cinco jogadores

1143
Flamengo prepara saída de cinco jogadores
Flamengo prepara saída de cinco jogadores
Publicidade

Marcos Braz no gramado do Maracanã (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

O Flamengo entrou em 2021 ciente da necessidade de, quem sabe, até vender “titular absoluto” para cumprir metas agressivas estipuladas internamente. O peso das finanças deve alterar rotas e fazer com que o clube facilite a negociação de jovens, até para manter estrelas do elenco e amenizar o impacto técnico no time principal.

Publicidade

O próximo a sair será Natan, que recebeu uma proposta por empréstimo do Red Bull Bragantino, disposto a desembolsar 500 mil euros (aproximadamente R$ 3,3 milhões), com opção de compra de 3 milhões de euros (cerca de R$ 20 milhões), por 70% dos direitos econômicos do zagueiro – a informação inicial é do site ‘Uol’ e foi confirmada pelo ‘Lance’.

Natan é titular e capitão do time alternativo que disputa o Carioca, enquanto boa parte do grupo principal está de férias. Na temporada 2020, fez 15 jogos a partir de setembro, o que demonstra a sua importância para o elenco. Mesmo assim, o Flamengo está inclinado a negociá-lo diante das condições propostas pelo clube de Bragança Paulista.

De acordo com o orçamento financeiro de 2021, o Flamengo prevê receita bruta de R$ 953 milhões, dos quais R$ 168 milhões seriam oriundos de vendas de jogadores. A momentânea ausência de bilheteria também pressiona o Rubro-Negro, pois R$ 100 milhões da fatia são provenientes do público, ainda proibido de frequentar os estádios por conta da crise global.

Em janeiro, Yuri César colaborou com 19% do previsto em orçamento com vendas, já que foi negociado para o Shabab Al Ahli (EAU) por cerca de R$ 32 milhões.

Mais quatro saídas:

Além de Natan, Thuler, que completou 22 anos nesta semana, é outro zagueiro da base que está próximo de sair. Anteriormente, havia um acordo encaminhado com o Montpellier, da França, também por empréstimo, mas o negócio emperrou. A saída, contudo, pode ser concretizada nos próximos dias.

Outro que já foi avisado para preparar as malas é João Lucas. O lateral-direito chegou a abrir mão da última semana de recesso e participou da atividade com o grupo que disputa o Carioca, porém não deve ser aproveitado pelo clube em 2021. O destino encaminhado é o Cuiabá, por empréstimo.

Nos possíveis negócios envolvendo Thuler e João Lucas, que não é da base, mas tem apenas 23 anos, o Flamengo aliviará a sua folha salarial, além de ter no horizonte possíveis vendas. O lateral, por exemplo, terá R$ 5 milhões como opção de compra no contrato junto ao Cuiabá.

Ronaldo também está pronto para deixar o clube. O volante tem treinado à parte no Fla, cujo vínculo expira em junho. É possível que o contrato seja renovado, e o jogador seja realocado novamente – esteve no Bahia, em 2019 e 2020, e no Atlético-GO, em 2017. Em suma: o Rubro-Negro ainda não abriu mão de fazer caixa com meio-campista de 24 anos.

Já no setor ofensivo, Rodrigo Muniz, perto de renovar, é mais um jovem alvo do mercado que pode ser emprestado até dezembro com opção de compra.

Retirado de: Lance

Publicidade