Gabigol fica de olho em artilharia do século 21 no Flamengo

3
Gabigol fica de olho em artilharia do século 21 no Flamengo
Gabigol fica de olho em artilharia do século 21 no Flamengo
Publicidade

O Flamengo encara hoje (5) o Madureira, 21h, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, de olho em uma vitória que deixa bem encaminhada a vaga do Rubro-negro à semifinal do Campeonato Carioca.

Em campo, Gabigol também quer deixar o Sul Fluminense com os três pontos na bagagem, mas mira dois golzinhos que o colocarão em um patamar ainda mais alto da história rubro-negra.

Publicidade

Com 71 gols marcados com a camisa do Fla, o goleador está a apenas dois de Renato Abreu, o maior artilheiro do clube no século 21. Na Gávea desde o início de 2019, Gabigol, grande personagem das conquistas recentes do Fla, tem tudo para entrar na lista dos 20 maiores se mantiver a média. Com 98 bolas na rede, Gaúcho fecha esta seleta lista que tem Zico na liderança absoluta (509).

Se a equipe repetir o ritmo demonstrado na vitória por 3 a 0 sobre o Bangu, o atacante terá oportunidades para deixar a sua marca novamente. Contra o Alvirrubro, os titulares do Fla estrearam e mostraram que a fome por vitórias e títulos segue em alta.

“Para uma estreia foi muito boa, jogamos com uma intensidade boa. O descanso mental ajuda bastante e os 22 treinos ajudaram bastante. A gente tinha dúvida do que poderia render, mas o time conseguiu 90% do tempo jogar em cima do adversário”, disse Ceni.

Mas caso não cumpra a missão no Estadual, o camisa 9 poderá atingir a marca diante do Palmeiras, rival do próximo dia 11, em jogo válido pela Supercopa. A partida em Brasília centraliza as atenções no Rubro-negro, que trata o duelo como o primeiro grande objetivo da temporada.

“Vamos tentar ser competitivos, o Palmeiras é um grande time, vem de dois títulos importantes. Vamos nos preparando. O jogo do dia 11 é extremamente importante. Vamos torcer para que a gente esteja numa noite boa como hoje”, completou Ceni.

Retirado de: UOL

Publicidade