Hipocrisia: Após ter sido flagrado discutindo com um guarda na praia, comentarista critica Gabigol

263
Hipocrisia: Após ter sido flagrado discutindo com um guarda na praia, comentarista critica Gabigol
Hipocrisia: Após ter sido flagrado discutindo com um guarda na praia, comentarista critica Gabigol
Publicidade

Gabigol em ação pelo Flamengo contra o Bahia (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Durante participação no programa ‘Arena SBT’ da última segunda-feira (15), Muricy Ramalho, coordenador de futebol do São Paulo, criticou o jogador Gabigol, do Flamengo, que foi flagrado pela polícia em um cassino clandestino com aglomeração no último fim de semana.

Publicidade

Acontece que o próprio Muriry também foi alvo de críticas no começo desta semana por ser flagrado discutindo com um guarda em uma praia da cidade de Bertioga, no interior paulista. Além de desrespeitar o fechamento das praias por causa do agravamento da pandemia, Muricy Ramalho aparece nas imagens sem a máscara.

“Ele sabe que errou muito. Não sei qual é a conversa lá (no Flamengo). No São Paulo, com certeza, existe um protocolo que se o jogador for pego dessa maneira, tem punição. Agora, é um caso do Flamengo. O Gabigol sabe que errou. Isso aí tem que servir de exemplo. O Gabigol não foi bem não”, opinou Muricy.

Em seguida, o comentarista se mostrou ser a favor da paralisação do futebol devido o atual momento da pandemia, mas defendeu que os treinamentos devem continuar.

“O futebol, como exemplo, teria que parar também, fazer o que os outros seguimentos fazem. Isso eu sou de acordo. Só não sou de acordo de parar os treinamentos, porque, nos treinamentos, a gente cuida dos jogadores. Se eles forem para casa, com certeza vai haver problemas de contaminação (…) O futebol tem que dar exemplo, dá para segurar 15 dias. Agora, tem que deixar os jogadores treinar. Se não deixar, aí vai complicar”, disse ele.

Retirado de: Torcedores

Publicidade