Jogador do Barcelona diz que Flamengo terá que correr quatro vezes mais no Equador: “Fizeram só dois gols”

6935
Publicidade

FLAMENGO AGORA: Em uma live no Instagram ao lado do companheiro de time Byron Castillo, o meia Michael Arroyo mostrou toda a empolgação dos atletas do Barcelona de Guayaquil ao enfrentar o Flamengo no jogo de volta da semifinal da Copa Conmebol Libertadores no Equador.

Derrotado no Maracanã por 2 a 0, Arroyo aposta na vaga. De acordo com o jogador, a presença de 19 mil pessoas no estádio pode fazer a diferença para os mandantes:

Publicidade

“No Monumental você tem que correr quatro vezes mais do que no Brasil. Eles só fizeram dois (gols). Vão ter gente no estádio (público), e o Monumental é valente“, disse o atleta.

Para o meia-campista Michael Carcelén, também nada está perdido para os equatorianos. Em entrevista pós-jogo no Maracanã, o atleta mostrou a convicção que o Barcelona reverterá o quadro em seus domínios.

“Tivemos várias oportunidades para marcar, agora temos de nos fortalecer em casa e buscar o resultado que queremos. Para passar a chave, só temos de vencer, mas temos a fé e a convicção de que faremos as coisas bem em casa“, disse Carcelén.

 

Publicidade