kk! Sem Flamengo, Globo acumula vexames de audiência no Rio de Janeiro; veja números

158
Gabigol, do Flamengo, rebate provocação da torcida do Fluminense
Gabigol, do Flamengo, rebate provocação da torcida do Fluminense
Publicidade

MÁQUINA DO ESPORTE: Não é novidade para ninguém que o Flamengo em campo é sinônimo de grandes audiências no Rio de Janeiro, afinal trata-se da maior torcida do país. No entanto, o que se vê, principalmente na atual temporada, é um afastamento muito grande do clube rubro-negro em relação aos três principais rivais cariocas.

Neste domingo (24), a Globo exibiu para o Rio de Janeiro o duelo Náutico x Vasco, em partida válida pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, que terminou empatada em 2 a 2. Sem o Flamengo, mais uma vez os números foram ruins, assim como também os dos outros rivais do rubro-negro, Fluminense e Botafogo, têm sido. Na média, o jogo marcou apenas 17 pontos com 30% de participação, números muito abaixo da média do Flamengo (26 pontos) e idênticos aos de Fluminense e Botafogo.

Publicidade

Em São Paulo, a escolha da emissora foi o empate também por 2 a 2 no confronto Internacional x Corinthians, que alcançou 19 pontos de média com 31% de participação, números muito semelhantes aos rivais Palmeiras e São Paulo, nas transmissões da Globo para a capital paulista na temporada.

Nesta quarta-feira (27), a promessa é de boas audiências para a emissora carioca com o futebol, com os jogos de volta das semifinais da Copa do Brasil. Com a necessidade de vencer a partida no tempo normal para não depender das penalidades, o Flamengo enfrentará o Athletico-PR com transmissão para todo o Brasil, exceto Minas Gerais e Ceará, que poderão acompanhar o duelo entre Fortaleza e Atlético-MG.

Publicidade