Marcos Braz, do Flamengo, fala sobre negociação com Arrascaeta

1
Marcos Braz, do Flamengo, fala sobre negociação com Arrascaeta
Marcos Braz, do Flamengo, fala sobre negociação com Arrascaeta
Publicidade

Após a vitória de virada por 3 a 2 sobre o Vélez Sarsfield, na estreia na Libertadores, o Flamengo desembarcou no Rio de madrugada já pensando no futuro. Além da possibilidade de conquistar o título da Taça Guanabara no sábado, se vencer o Volta Redonda no Maracanã, o Rubro-Negro também precisa definir a situação de Arrascaeta, incomodado com a demora no acerto da renovação de contrato.

Com o golaço marcado para garantir a vitória na Argentina e mais uma boa atuação, o uruguaio coloca mais pressão na diretoria para um acordo. Entretanto, o vice de futebol, Marcos Braz, minimizou a insatisfação do jogador e pediu um pouco mais de calma para um acerto.

Publicidade

“Não muda nada do que pensamos sobre o Arrascaeta. Fez mais um golaço, como muitos outros, e fez mais um jogo acima da média, como sempre fez. Tenho certeza de que na hora certa vamos chegar a um denominador comum. E essa história, que é muito mais espuma do que outro tipo de problema, vai acabar”, disse Braz no desembarque da delegação.

Com contrato até o fim de 2023, Arrascaeta viu muitos companheiros acertarem renovações de contrato com aumento salarial. Entretanto, devido à pandemia de covid-19, o Flamengo precisou rever todo o planejamento financeiro, o que vem travando as negociações com o uruguaio, que além de valorização no salário, deseja a compra de 20% dos direitos econômicos junto ao Defensor.

“Temos a situação dele e de outros jogadores que precisamos ter o mesmo cuidado. Evidente que ele é um jogador com uma importância enorme no elenco, mas tem que esperar mais um pouquinho. É questão de dinheiro e situações que precisamos esperar para avançar”, completou Braz.

Retirado de: O Dia

Publicidade