Nem a conquista do título brasileiro serviu para deixar Rogério Ceni tranquilo à frente do Flamengo

52
“Seria até uma loucura o Flamengo falar em troca de técnico”, diz Leo Burlá
“Seria até uma loucura o Flamengo falar em troca de técnico”, diz Leo Burlá
Publicidade

Técnico Rogério Ceni – Foto: Marcelo Cortes

UOL: Nem a conquista do título brasileiro serviu para deixar Rogério Ceni tranquilo à frente do Flamengo. O treinador convive com o ‘fantasma’ de Jorge Jesus e os rumores de um possível retorno do vitorioso treinador. Há alguma forma de o ex-goleiro acabar com esta pressão?

Publicidade

O apresentador Pedro Lopes, o colunista Rodrigo Mattos e o setorista Leo Burlá analisam o que Rogério Ceni ainda precisa fazer para acabar com a sombra do técnico português e os constantes boatos sobre uma volta do ‘Mister’.

“O Marcos Braz [vice-presidente de futebol] já disse que o Jorge Jesus é um fantasma eterno no Flamengo. É evidente que isso vai sempre existir, mas é mais uma fumaça de rede social, de torcida, do que algo que está realmente em curso. Ainda mais se pensar em uma troca de comando agora. Embora o Mister mereça todos os elogios, seria até uma loucura falar em troca de técnico”, analisou Burlá.

Para Mattos, Ceni ainda precisa evoluir para chegar ao nível alcançado pelo Mister.

“Precisamos saber se o Rogério é capaz de levar o time ao padrão daquele do Jorge Jesus. Existe uma série de metodologias que foram implantadas pelo Jesus que o Rogério não tem. Ele é um treinador que ainda está em formação, tem boas ideias, estuda bastante, mas não está nesse nível”, disse, citando a dificuldade do atual treinador em enfrentar equipes mais fechadas na defesa.

Publicidade