Procuradoria do STJD solicita exclusão do Flamengo da Copa do Brasil 2022 por cantos homofóbicos contra o Grêmio

594
Publicidade

Flamengo já foi eliminado da Copa do Brasil 2021, pelo Athletico-PR, na semifinal do torneio. No entanto, os problemas na competição nacional ainda não terminaram. Nesta segunda-feira (08), a procuradoria do STJD pediu a exclusão do Rubro-Negro da edição seguinte (2022) do mata-mata. Os cantos de cunho homofóbico na partida contra o Grêmio, pelas quartas de final, são o alvo da investigação do tribunal. A informação é do jornal ‘O Globo’.

Vale destacar que, seja qual for a decisão do 1º Conselho Disciplinar, cabe recurso. Ou seja, caso o Flamengo seja excluído da Copa do Brasil 2022 em primeira instância, o jurídico do Rubro-Negro ainda pode reverter a situação. O Mais Querido foi autuado no artigo 243-G, que julga ações discriminatórias em partidas oficiais do futebol nacional. A defesa do Mengão pediu desculpas pelo ocorrido e quer a alteração do indicamento para o artigo 191, que trata sobre deixar de cumprir trâmites administrativos.

Publicidade

No momento, a data do julgamento ainda não foi divulgado pelo STJD. No entanto, tudo indica que deve ser antes do fim desta temporada, visto que clube e CBF precisam traçar planos para a próxima jornada. Vale lembrar que o próprio Grêmio já foi excluído da Copa do Brasil por atos discriminatórios, quando a torcida tricolor xingou o goleiro Aranha, do Santos, de ‘macaco’. Contudo, nenhum clube foi excluído por atos homofóbicos até o momento.

Eliminado da Copa do Brasil, o Flamengo terá mais um problema nos bastidores em meio à fase mais aguda da temporada. No momento, o Rubro-Negro luta pelo título brasileiro e segue a perseguição ao Atlético-MG. Além disso, a final da Libertadores está muito próxima de acontecer. O jogo mais importantes do Mais Querido na temporada acontecerá no dia 27 de novembro, às 17h (horário de Brasília), no Estádio Centenário, em Montevideo.

 

Publicidade