Roger Guedes negocia rescisão amigável com Shandong Luneng

319
Roger Guedes negocia rescisão amigável com Shandong Luneng
Roger Guedes negocia rescisão amigável com Shandong Luneng
Publicidade

Foto: Divulgação

GLOBO ESPORTE: Por Fred Ribeiro

Publicidade

Depois de ser campeão e artilheiro da Copa da China 2020, Róger Guedes se aproxima de deixar o Shandong Luneng, após quase três anos na equipe de Jinan. O atacante de 24 anos, segundo apurou o ge, rejeitou proposta de renovação contratual com a equipe chinesa, e as partes iniciam conversa para a quebra do contrato de forma amigável.

Róger Guedes segue no Brasil, mantendo forma física em Criciúma e tentando resolver seu futuro em São Paulo, ao lado do staff encabeçado pelo empresário Paulo Pitombeira. O contrato com o Shandong Luneng vai até julho de 2022. Há obstáculos para o atacante retornar à China, ainda por conta da pandemia da Covid-19, o que fortalece a negociação para rescisão.

O jogador deixou o futebol nacional em junho de 2018, quando era destaque do Atlético-MG, com artilharia momentânea do Campeonato Brasileiro. Ele estava emprestado ao Galo pelo Palmeiras, que o negociou para a China.

No ano passado, Róger chegou a abrir ação judicial contra o Shandong na Fifa, alegando atrasos salariais e com pedido da quebra contratual. A situação foi resolvida com o clube quitando a dívida e a ação sendo retirada dos órgãos disciplinares da entidade, na Suíça. Quando voltou aos campos, Róger Guedes se destacou. Foi campeão e melhor jogador da Copa da China.

O Shandong conseguiu a vaga na Champions Asiática com o troféu. Entretanto, recebeu punição por problemas financeiros e foi excluído do torneio. Este episódio fez com que o Shandong Luneng, no início de fevereiro, planejasse negociar Róger Guedes por empréstimo, inclusive, ao mercado brasileiro.

Se a rescisão contratual de Róger Guedes com o Shandong Luneng for confirmada, ele vira um alvo mais fácil para os clubes nacionais. O atleta, entretanto, precisará topar uma redução salarial diante dos vencimentos altos recebidos no país asiático. A janela brasileira para contratações internacionais está aberta desde 1º de março e vai até maio. O período é essencial para Róger Guedes conseguir retornar, ainda que “livre no mercado”.

O Atlético-MG já havia sonhado um possível retorno do jogador, em 2020, mas esbarrou em alguns obstáculos financeiros e até mesmo em multa na qual o Palmeiras precisaria receber do Shandong em casso de volta do jogador ao país. A multa foi classificada como ilegal pela Fifa, que multou o Verdão. O Galo anunciou recentemente o técnico Cuca, velho conhecido de Róger Guedes no Palmeiras.

Publicidade