Santos chega a acordo com o Wolfsburg por dívida envolvendo Bruno Henrique

0
Bruno Henrique, do Flamengo, interage com Patrick, do Inter, na web
Bruno Henrique, do Flamengo, interage com Patrick, do Inter, na web
Publicidade

TORCEDORES: Por Paulo Foles

Nesta quarta-feira (24), o Santos divulgou uma nota confirmando que chegou a um acordo com o Wolfsburg, da Alemanha, referente a uma dívida pela contratação de Bruno Henrique, hoje no Flamengo. O clube do litoral corria riscos de sofrer uma nova punição de transfer ban pelo caso.

Publicidade

O Santos tinha chegado a um acordo para pagar 350 mil euros em 2020, o que não aconteceu. Por conta disso, o Peixe poderia ser punido novamente pela FIFA, assim como aconteceu ano passado, quando estava impossibilitado de realizar novas contratações.

Agora, o Santos firmou um acordo para pagar a dívida pelo jogador em seis parcelas de 50 mil euros (R$ 313 mil na cotação atual) e uma de 60 mil euros (R$ 375 mil). Ele foi contratado pelo clube em 2017 e ficou até 2019, indo para o Flamengo em seguida.

Confira a nota oficial do Santos
Um novo transfer ban da FIFA foi evitado pelo Santos FC. Nesta quarta-feira (24), o Clube fechou acordo com o Wolfsburg, da Alemanha, que cobrava a parcela final da compra do atacante Bruno Henrique, feita em janeiro de 2017. O Peixe se comprometeu a pagar a dívida de 350 mil euros em 2020, mas não cumpriu o acordo e uma nova sanção poderia ter início no dia 2 de dezembro.

Rapidamente, a atual diretoria negociou com o clube alemão, sugerindo um novo parcelamento do valor em sete parcelas, seis de 50 mil euros, a primeira já paga esse mês, e a última de 60 mil euros, incluindo juros e multa. “Essa foi mais uma situação que herdamos e estamos solucionando, para colocar o Clube em dia”, afirmou o presidente do Santos FC, Andres Rueda.

 

Publicidade