Se o futebol parar, times do Brasil terão que disputar a Libertadores no Paraguai

72
Se o futebol parar, times do Brasil terão que disputar a Libertadores no Paraguai
Se o futebol parar, times do Brasil terão que disputar a Libertadores no Paraguai
Publicidade

 

Se o futebol parar, times do Brasil terão que disputar a Libertadores no Paraguai
Se o futebol parar, times do Brasil terão que disputar a Libertadores no Paraguai

Uma paralisação no futebol brasileiro pode gerar movimentações nunca antes pensadas em relação à Copa Libertadores e à Copa Sul-Americana. Isso porque, segundo o blog do Marcel Rizzo, do UOL, a Conmebol já adiantou que não vai paralisar os torneios em caso de pausa do futebol no Brasil. Com isso, uma solução indicada seria que os brasileiros mandassem seus jogos em Assunção, no Paraguai.

Publicidade

Três estados pararam o futebol entre o fim de fevereiro e o início de março: Santa Catarina, Paraná e Ceará. Os dois primeiros retomam as atividades nesta semana, enquanto o Ceará paralisou apenas o Campeonato Cearense e manteve Copa do Nordeste e Copa do Brasil.

A principal preocupação é com o futebol em São Paulo. Segundo publicou o jornalista, o principal estado do país é o grande termômetro para avaliar uma pausa geral do esporte em toda a extensão do Brasil. O governador João Dória liberou, na última quarta-feira (10), a continuidade, mas condicionou à queda no número de casos e óbitos. Caso siga em alta, o futebol em São Paulo pode, sim, ser paralisado. O Estado tem três times na Libertadores, São Paulo, Palmeiras e Santos, e dois na Sul-Americana, Corinthians e Red Bull Bragantino.

A Conmebol tenta buscar solução e adiantou Assunção, no Paraguai, como saída. A sede da entidade é em Luque, então seria mais fácil remanejar confrontos no Paraguai. Segudo a publicação, no novo protocolo, a entidade sul-americana adiantou para todos os clubes que indicassem estádios alternativos em casos de proibições. Todos os brasileiros citaram Assunção. Internacional e Grêmio também teriam sugerido jogos em Montevidéu, no Uruguai.

Só haverá pausa nos torneios da América do Sul em casos extremos, conforme indicou a publicação do UOL. A Conmebol também não vai considerar surtos em elencos como motivo para adiar partidas.

Retirado de: Torcedores

Publicidade