Sem Rafinha, Matheuzinho vê espaço para se firmar no Flamengo

204
Sem Rafinha, Matheuzinho vê espaço para se firmar no Flamengo
Sem Rafinha, Matheuzinho vê espaço para se firmar no Flamengo
Publicidade
Sem Rafinha, Matheuzinho vê espaço para se firmar no Flamengo
Sem Rafinha, Matheuzinho vê espaço para se firmar no Flamengo

LANCE: Além da goleada de 4 a 1 sobre o Resende, a sexta-feira do Flamengo ficou marcada pela desistência da diretoria na contratação de Rafinha. No entanto, se depender das últimas atuações de Matheuzinho, a posição não será um problema da equipe em 2021. Titular da equipe no início da temporada, o jovem recebeu elogios de Mauricio Souza e deu mais um passo para se firmar no time principal do Rubro-Negro.

Na vitória sobre o Resende, Matheuzinho foi uma das principais opções ofensivas do Flamengo, especialmente no segundo tempo. De quebra, deu a assistência para o primeiro gol de Rodrigo Muniz, em cruzamento preciso. Esta foi o segundo passe para gol do lateral na temporada – o primeiro havia sido na vitória sobre o Macaé e também para Muniz.

Publicidade

O bom início de temporada – com média de uma assistência a cada dois jogos – confirma o que os torcedores do Flamengo já conheciam de Matheuzinho. Desde a época da base, o lateral-direito sempre se destacou pela capacidade de apoio ao ataque e pela qualidade no passe.

Em 2020, com a saída de Rafinha para o Olympiacos no meio do ano, Matheuzinho começou a ter mais espaço na equipe profissional. No total, disputou 21 partidas na última temporada – sendo 11 como titular – e distribuiu seis assistências. Números impressionantes para um jovem que começava a atuar no time principal.

Após a goleada sobre o Resende, Matheuzinho foi tema da entrevista coletiva de Mauricio Souza, técnico do Flamengo nas rodadas iniciais do Carioca. Já acostumado em comandar o jovem desde a época da base, o treinador destacou a característica ofensiva e também ressaltou a evolução na parte defensiva.

– O Matheuzinho é um jogador que conheço bem, está se equilibrando. Ele gosta muito de apoiar, tem evoluído muito no jogo defensivo. Tem muito recurso técnico. Tem muita facilidade de dar assistência, é um jogador com muita ambição, quer espaço e está aproveitando bem a oportunidade.

Essa evolução defensiva pode ser mais um trunfo para Matheuzinho no restante da temporada. Nos últimos meses, a característica mais ofensiva do lateral, inclusive, já fez Rogério Ceni o preterir em algumas ocasiões, como na partida decisiva contra o Internacional, no Maracanã, quando João Lucas foi o escolhido para entrar no segundo tempo.

Até o momento no Carioca, o Flamengo sofreu apenas dois gols e nenhum pelo lado de Matheuzinho. Sem dúvidas, é preciso levar em consideração a fragilidade dos adversários e o fato de que ele foi pouco exigido, mas também vale ressaltar que o jovem respondeu bem quando necessário e se mostrou aplicado nos dois lados do campo.

Atualmente, o titular da posição ainda é o experiente Mauricio Isla. No entanto, com as Eliminatórias para a Copa do Mundo e a disputa da Copa América, o chileno deve desfalcar o Flamengo em diversas ocasiões e abrir espaço para Matheuzinho ter mais chances. Cabe ao lateral seguir aproveitando as oportunidades e colocar um pingo de dúvida na cabeça de Rogério Ceni.

Publicidade