Técnico português admite sondagem do Flamengo: ‘Um dos maiores clubes do mundo’

1363
Publicidade

Após a saída de Jorge Jesus no ano passado, o Flamengo passou algumas semanas na Europa em busca de um novo treinador estrangeiro. Até o acerto com Domenéc Torrent, o Rubro-Negro sondou alguns nomes, e um deles foi do técnico Carlos Carvalhal, que preferiu assinar com o Braga. Neste domingo, o português voltou a falar sobre o Rubro-Negro em entrevista coletiva.

“Tinha um acordo praticamente firmado com o Flamengo, isso é público, e a opção de assinar pelo Braga não teve a ver com razões financeiras, mas sim pelo Braga e por estarmos a viver uma pandemia. O interesse de um clube que é um dos maiores do mundo, deixa-me muito orgulhoso e é uma recompensa pelo nosso trabalho”, disse Carvalhal, antes de completar:

Publicidade

“A nossa ideia, enquanto equipe técnica, é deixar marcar no clube por onde passamos e isso foi feito no Sheffield Wednesday, no Rio Ave e no Braga já deixámos a nossa marca ao vencer a Taça de Portugal. Mas há mais para fazer, de potenciar jovens, de conseguir vencer o maior número de jogos. Não sei o dia de amanhã e, parafraseando o Jorge Jesus, todos os treinadores têm a mala à porta”, encerrou o técnico.

Retirado: Diário do Fla

Publicidade