Abel Ferreira fica? E Felipe Melo? Veja o que diz Leila Pereira, a nova presidente do Palmeiras

0
Publicidade

GE.GLOBO: Eleita presidente do Palmeiras neste sábado, Leila Pereira assume o comando do clube apenas no dia 15 de dezembro, mas já deixou clara sua vontade de contar com Abel Ferreira em 2022.

O treinador tem contrato até o fim do ano que vem, só que já recebeu propostas para deixar o clube. Espera-se que ele seja novamente procurado na janela de dezembro. A nova dirigente alviverde, porém, entende que o português é parte importante no planejamento do próximo ano.

Publicidade

– É de minha vontade que o Abel, nosso técnico, permaneça no meu projeto. Isto com certeza eu vou conversar com o Abel. Ele tem contrato conosco até o fim do ano que vem, e acho que ele é extremamente importante para o projeto que a gente tem – afirmou, em entrevista ao ge.

Neste primeiro ano no Verdão, Abel já teve propostas do Al-Rayann, do Catar, e outra Fenerbahçe, da Turquia. Nenhuma até agora seduziu o treinador, que mantém sua esposa e filhas vivendo em Portugal.

Em conversas informais antes de vencer a eleição, Leila chegou a falar da possibilidade de a família de Abel se mudar para o Brasil em 2022, mas isto não está sendo tratado no momento.

Prestes a disputar a final da Copa Libertadores, Abel Ferreira já tem na cabeça o que é necessário para a disputa da próxima temporada, mas ainda não teve uma conversa para tratar do planejamento.

– Desejo a ela as maiores felicidades, a maior sorte do mundo e continuar com o ciclo de vitórias. Tenho 42 anos de idade e vou fazer dez anos de carreira, em que tive apenas quatro presidentes. Sempre tive relacionamento de respeito, de amizade, de frontalidade. Estes valores me acompanham. Ela é a pessoa certa no lugar certo, vem com vontade de triunfar, e queremos isso, continuar a ganhar, estar nas finais. Desde que chegamos, só falhamos contra o CRB. Vamos procurar chegar às finais para ganhá-las. É a história recente do Palmeiras, e o futuro também será este – afirmou Abel.

Paulo Buosi, primeiro vice-presidente de Maurício Galiotte, faz parte da gestão de Leila e deve ficar mais próximo do futebol. Já o diretor de futebol Anderson Barros tem vínculo até dezembro e ainda não foi comunicado sobre um interesse em renovar.

Além da definição sobre a direção do departamento, há decisões a serem tomadas no elenco, como as renovações de Jailson e Felipe Melo, que têm vínculo até o fim do ano.

– O Felipe (Melo) é um jogador que não agrada só a mim, mas a todos os torcedores. É extremamente importante, somos gratos por toda a trajetória conosco. Com relação a qualquer jogador, a decisão vai ser técnica. Quando falar com o Abel, com a comissão, o que for definido por eles, será feito e encaminhado – explicou Leila.

– Eu só tomo posse dia 15 de dezembro. Até lá, nosso presidente é o Maurício Galiotte. E dia 27 tem um dia muito importante para todos nós palmeirenses, com um jogo muito importante. Vou falar de planejamento, estrutura, após o dia 27, preferencialmente tendo a caneta no dia 15. Mas sem dúvida o Palmeiras vai ser cada vez mais forte, precisa de investimento para o futebol ser cada vez mais competitivo, e é para isto que estou aqui: para fazer o Palmeiras cada vez mais forte e mais vitorioso – concluiu.

Publicidade