Torcedor do Grêmio se apresenta e acusa Luiz Adriano de provocar invasão

65
Alvo recente do Palmeiras e podendo ser sombra de Luiz Adriano, atacante rescinde com o Tianjin Teda, da China, e fica livre no mercado   Palmeiras Web
Alvo recente do Palmeiras e podendo ser sombra de Luiz Adriano, atacante rescinde com o Tianjin Teda, da China, e fica livre no mercado Palmeiras Web
Publicidade

Um dos torcedores do Grêmio envolvidos na invasão do gramado da Arena e nos atos de vandalismo que sucederam o jogo contra o Palmeiras, ontem (31), em Porto Alegre, se apresentou ao Ministério Público e está respondendo por seus atos. O aficionado disse que o que motivou a ação da torcida foi uma provocação do atacante Luiz Adriano. “Um torcedor se apresentou espontaneamente e está respondendo pela invasão. Uma medida alternativa ao processo.

Ele ficará três meses afastado dos estádios de futebol se apresentando a delegacias de polícia como medida preventiva”, contou o responsável pelo Juizado do Torcedor, Marcos Aurélio Xavier, à Rádio Gaúcha.

Publicidade

Se o torcedor descumprir a ordem, pagará uma multa. A razão da invasão, segundo ele, foi uma provocação feita por Luiz Adriano, que estava dentro do campo. “A versão dele é que foi provocado por um dos atletas do Palmeiras.

Isso está sendo investigado. Tentamos fazer uma audiência ontem mesmo com o Luiz Adriano, mas ele já tinha se retirado do estádio. Vamos ouvir o jogador e apurar isso”, contou Xavier. Segundo a versão do torcedor, o atacante teria chamado torcedores “para a briga” nos momentos que sucederam a partida, que terminou 3 a 1 para o Palmeiras.

Luiz Adriano é gaúcho e tem história ligada ao Internacional. Autor de um dos gols do Colorado no Mundial de Clubes de 2006.

 

 

Publicidade