Trajetória, funções e lances: conheça tudo sobre Danilo Barbosa, possível reforço do Palmeiras

128
Trajetória, funções e lances: conheça tudo sobre Danilo Barbosa, possível reforço do Palmeiras
Trajetória, funções e lances: conheça tudo sobre Danilo Barbosa, possível reforço do Palmeiras
Publicidade

Trajetória, funções e lances: conheça tudo sobre Danilo Barbosa, possível reforço do Palmeiras

Prestes a trazer mais um reforço para o seu elenco, o Palmeiras deve anunciar oficialmente a contratação do volante Danilo Barbosa nos próximos dias. O meio-campista de 25 anos recém-completados já foi treinado por Abel Ferreira e possui características interessantes se aplicadas naquilo que a equipe mais fez nos últimos meses.

Publicidade

O volante foi submetido a uma bateria de exames nesta terça-feira, em Nice, na França, acabou aprovado em todos. O meio-campista é um dos atletas mais dedicados e cuidados com o físico.

Currículo e versatilidade

Revelado pelo Vasco, Danilo passou por todas as seleções de base e também por Grêmio e Vitória nas divisões inferiores. Jogou Sul-Americano Sub-15 e Mundiais Sub-17 e Sub-20 como titular. Foi vice-campeão de ”juniores” contra a Sérvia em 2015. Jogava com a ”5” amarelinha e em muitos casos foi, de fato, o primeiro homem de meio, função que ainda pode fazer, mas que não atende exatamente às suas principais virtudes.

É preciso citar a versatilidade do atleta. Danilo chegou a ter uma sequência como zagueiro titular do Nice na temporada 2019/2020. Por ser um jogador relativamente alto, 1,82 m, consegue atuar improvisado na linha defensiva sem maiores problemas. Jogou também um bom tempo na segunda linha do meio-campo, por dentro, como meia-direita em um 4-1-4-1. Mas seu melhor funcionamento vem ao formar uma dupla de volantes, alternando saídas para o ataque com um companheiro do setor.


Danilo Barbosa em números nas últimas três temporadas no Nice

Ele se profissionalizou ainda aos 18 anos, em 2014. Foi alçado aos profissionais do Cruzmaltino pelo técnico Adilson Batista, mas logo depois de conseguir uma sequência como titular foi vendido ao Braga. Chegou ao futebol português e se tornou uma das revelações em sua primeira temporada, tanto que acabou emprestado ao Valencia na sequência.

No futebol espanhol, não conseguiu se destacar da mesma forma, mas foi frequente no time titular da equipe. Chamou a atenção do Benfica, que o contratou por empréstimo para 2015/2016. As coisas não deram certo para ele em Lisboa e a temporada foi encerrada no Standard Liége, antes de retornar ao Braga, já na ”época” seguinte e voltar a se destacar.

Sob o comando de Abel Ferreira, atraiu a atenção de outros países, mesmo caindo de produção na reta final do campeonato e perdendo a vaga de titular. O Nice pagou 10 milhões de euros por Danilo em julho de 2018, e nas últimas três temporadas, ele veste a camisa da equipe do sul francês. Exceto pelo período citado acima, quando atuou como zagueiro, nunca pôde ser considerado, de fato, um titular do meio-campo, e perdeu muito espaço nos últimos meses.


Mapa de calor de Danilo Barbosa na temporada 2018/2019, a última em que teve mais minutos na sua real posição

Isso não quer dizer que não possa ser útil dentro do atual contexto do futebol sul-americano. Apesar da estatura, pode-se considerar um jogador leve, bem móvel no meio-campo, o que pode acrescentar bastante no jogo vertical e de transições rápidas, muitas vezes idealizado por Abel para o Palmeiras. Danilo muda de direção com velocidade e facilidade em conduções de bola.

A característica favorece a movimentação ao se oferecer para receber os passes dos defensores, gerar linhas na saída de bola. Tem qualidade na distribuição e faz a pelota circular com rapidez, mas precisa aprimorar o domínio de bola e a tomada de decisão em alguns lances, não raro acaba se precipitando. É um jogador bem intenso pressionando o adversário com a posse, e se posiciona bem na frente da defesa, mas, fisicamente, falta força quando o jogo fica mais truncado no setor de meio-campo. Isso afeta sua proteção de bola de costas também.

O Palmeiras atualmente conta com Felipe Melo e Danilo, o jovem oriundo da base, como volantes de formação mais específica na função. Patrick de Paula, Gabriel Menino e Zé Rafael também foram utilizados no setor e somados a Danilo Barbosa formam um grupo de jogadores muito interessante para o técnico português montar a primeira linha de meio-campo do Verdão.

Veja alguns lances do jogador brasileiro:

 

 

Publicidade