Com Crespo no banco, São Paulo tem início de temporada mais goleador desde 2015

4
SPNet   Com Crespo no banco, São Paulo tem início de temporada mais goleador desde 2015
SPNet Com Crespo no banco, São Paulo tem início de temporada mais goleador desde 2015
Publicidade

GloboEsporte

Equipe marcou nove gols em três partidas; no último sábado, goleou o Santos no Morumbi.

Publicidade

O São Paulo comandado pelo técnico argentino Hernán Crespo é o de início mais goleador do clube desde 2015, quando era comandado por Muricy Ramalho, hoje coordenador de futebol no Morumbi.

Assim como na temporada de seis anos atrás, o São Paulo atual marcou nove gols nas três primeiras partidas. Daquela vez, sofreu três gols e venceu os três jogos que fez (Penapolense, Capivariano e XV de Piracicaba); com Crespo, tomou um gol, empatou na estreia e depois goleou Inter de Limeira e Santos.

Nesse período, o São Paulo teve a pior performance de ataque nas três primeiras partidas do ano em 2018, com só dois gols marcados.

Crespo conversa com Pablo na vitória do São Paulo sobre a Inter de Limeira — Foto: DENNY CESARE/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

Crespo conversa com Pablo na vitória do São Paulo sobre a Inter de Limeira — Foto: DENNY CESARE/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

A equipe atual tem o melhor ataque do Campeonato Paulista, bem à frente do segundo colocado, o Ituano, que marcou cinco vezes. O São Paulo lidera o Grupo B, com sete pontos. Ferroviária (quatro pontos), Ponte Preta (um) e São Bento (zero) completam o grupo.

Uma das razões do bom início do ataque são-paulino é Pablo, que ganhou vaga de titular com Crespo e tem justificado a confiança, apesar das recorrentes críticas desde que chegou ao clube, há pouco mais de dois anos.

O camisa 9 marcou contra a Inter de Limeira e contra o Santos e deu assistência a Arboleda no 1 a 1 com o Botafogo-SP.

– Pablo está aproveitando muito bem o que o time gera, não só gol ou assistência, mas a atitude, brigar, correr e lutar – disse Crespo após o clássico, no sábado.

O treinador elogiou o setor ofensivo e deu crédito aos jogadores inclusive pela força na defesa:

– Se hoje encontramos um time que está sofrendo pouco gols é também pelo trabalho de Pablo, Luciano e todos na hora de defender. Os goleiros estão felizes por não sofrer gols, e os atacantes felizes porque marcam. É um momento ideal para todos – completou.

O São Paulo folga nesta segunda-feira. O elenco se reapresenta na tarde desta terça-feira, quando inicia a preparação para o duelo contra o Novorizontino, sábado, fora de casa.

Publicidade