Eder fala sobre treinos “intensos” de Crespo e conta que Miranda ajudou em acordo com São Paulo

10
Eder fala sobre treinos “intensos” de Crespo e conta que Miranda ajudou em acordo com São Paulo
Eder fala sobre treinos “intensos” de Crespo e conta que Miranda ajudou em acordo com São Paulo
Publicidade

GloboEsporte

Atacante tem contrato de duas temporadas com o clube.

Publicidade

Recém-chegado ao São Paulo, o atacante Eder elogiou os treinos de Hernán Crespo. O jogador foi anunciado na última sexta-feira, quando participou da primeira atividade com o restante do elenco no CT da Barra Funda.

Eder, de 34 anos, assinou contrato de duas temporadas com o São Paulo.

– Os treinos do Crespo são intensos. E se levarmos essa intensidade para os jogos, como ele deseja, vamos conseguir os nossos objetivos. Estou motivado com este início de trabalho no São Paulo e muito confiante – disse ele em entrevista publicada no site do clube neste domingo.

Eder tem contrato de duas temporadas com o São Paulo — Foto: Erico Leonan/saopaulofc.net

Eder tem contrato de duas temporadas com o São Paulo — Foto: Erico Leonan/saopaulofc.net

Eder jogou a maior parte da carreira na Itália, onde defendeu Empoli, Frosinone, Brescia, Cesena, Sampdoria e Inter de Milão – ele tem cidadania italiana e jogou a Euro 2016 pela seleção do país.

– Enfrentei o Crespo quando ele estava em Milão e eu ainda era um garoto recém-chegado ao futebol italiano. E reencontrá-lo aqui é uma satisfação enorme – contou Eder.

Antes de chegar ao São Paulo, Eder estava na China. Ele foi companheiro de Miranda no Jiangsu Sunin. Ambos agora treinam juntos outra vez, mas na Barra Funda.

– Conversei com o Miranda durante as negociações, e ele me falou muito bem do São Paulo. Ele é ídolo da torcida, conhece muito bem o clube e tem me ajudado bastante aqui. O Miranda sempre elogiou os torcedores são-paulinos e demonstrou afeto pelo São Paulo.

– O futebol nos dá muitos companheiros, mas o Miranda já é um grande amigo. Criamos uma relação muito boa – completou Eder.

Ainda não há previsão para que o atacante entre em campo com a camisa do São Paulo. O Paulistão está suspenso por determinação do governo paulista, que aumentou as medidas de restrição na tentativa de conter a pandemia de Covid-19.

Publicidade