Pablo celebra golaço no Santos, mas lamenta ausência de torcida: “Espero que a vacina venha logo”

19
SPNet   Pablo celebra golaço no Santos, mas lamenta ausência de torcida: "Espero que a vacina venha logo"
SPNet Pablo celebra golaço no Santos, mas lamenta ausência de torcida: "Espero que a vacina venha logo"
Publicidade

GazetaEsportiva

Destaque do São Paulo neste início de temporada, Pablo comentou sobre a vitória no clássico contra o Santos, relatando o golaço de cobertura que marcou no segundo tempo. Mesmo com a euforia do triunfo, o atacante também lamentou a ausência de torcida e o momento delicado da pandemia do novo coronavírus no Brasil.

Publicidade

Ao falar sobre o desempenho do Tricolor, o camisa 9 destacou que foi difícil jogar no primeiro tempo por conta do gramado molhado. Após os 45 minutos iniciais, foi mais fácil trabalhar a bola.

“Chegamos no estádio e estava chovendo muito. No final do aquecimento o campo já estava encharcado. Não deu para a drenagem secar todo o campo, mas no segundo tempo deu uma melhorada muito boa. A drenagem do Morumbi é muito boa e a chuva parou também. A gente percebeu isso durante o segundo tempo. Colocamos a bola no chão e começamos a jogar na parte ofensiva, com toques rápidos”, explicou à SpfcTV.

Quando o time de Crespo já havia conseguido marcar dois gols, foi vez de Pablo balançar as redes. O atleta recebeu um lançamento de Igor Vinícius e, de fora da área, encobriu o goleiro John.

“Foi muito rápido o lance. Na hora que o Igor tocou, eu saí correndo atrás da bola e já vi ele (goleiro) adiantado. Não pensei duas vezes. Foi o instinto lá de já tentar jogar a bola por cima e acertar o gol”, afirmou.

Pablo também lamentou as arquibancadas vazias em um clássico, mostrando ansiedade para que os torcedores sejam vacinados e possam voltar ao Morumbi.

“O apoio deles, o incentivo, ver o Morumbi lotado. Espero que a vacina venha logo para todos. Esperamos que as coisas possam melhorar o mais rápido possível e as pessoas se cuidarem porque entramos de novo em uma fase muito difícil. Essa vitória é para as nossas famílias, para o elenco, para o pessoal novo que chegou, de comissão técnica e diretoria, e com certeza para o nosso torcedor”, concluiu.

Publicidade