São Paulo oferece Boia por Benítez, mas Vasco também deseja ressarcimento

6
São Paulo oferece Boia por Benítez, mas Vasco também deseja ressarcimento
São Paulo oferece Boia por Benítez, mas Vasco também deseja ressarcimento
Publicidade

Hoje no Vasco por empréstimo, Martín Benítez está perto de acordo com o São Paulo no mercado da bola - Rafael Ribeiro / VascoHoje no Vasco por empréstimo, Martín Benítez está perto de acordo com o São Paulo no mercado da bola Imagem: Rafael Ribeiro / Vasco

Bruno Braz e Thiago Fernandes – Do UOL, no Rio de Janeiro e em São Paulo

Publicidade

Com o critério de não manter os jogadores que não pretendem continuar, o Vasco tenta atender as vontades de Martín Benítez de se transferir para o São Paulo no mercado da bola. Porém, não abre mão do que entende ser o melhor para o clube. Por isso, além de receber Paulinho Bóia por empréstimo, o Cruz-Maltino quer ser recompensado financeiramente. O Tricolor, por outro lado, entende que a liberação do jovem atacante é o suficiente no negócio.

O São Paulo tenta ajustar somente este impasse para anunciar Benítez como novo reforço. Os paulistas já entraram em acordo com o Independiente (ARG) pelo empréstimo do atleta até o fim da atual temporada. A sua contratação é um pedido de Hernán Crespo ao departamento de futebol.

Os cariocas desejam a inclusão de um valor no negócio porque, em janeiro deste ano, a diretoria desembolsou cerca de US$ 250 mil (aproximadamente R$ 1,4 milhão) ao Independiente para estender seu empréstimo até 30 de junho.

Agora, o Vasco exige que o Tricolor reembolse este investimento, ou, ao menos, pague o equivalente aos quatro meses restantes que o meia ainda teria de contrato.

À época, e com influência da torcida, os dirigentes entenderam que o esforço financeiro era válido na tentativa de permanecer na Série A do Campeonato Brasileiro. Porém, o rebaixamento não foi evitado. Benítez não conseguiu manter uma sequência por causa das lesões e, com a queda para a Série B, chegou-se à conclusão de que o jogador era negociável.

Além destas questões, as condições para a compra dos direitos econômicos do argentino são totalmente fora da realidade atual do Vasco. No contrato firmado, o Independiente dava a prioridade de compra ao fim do vínculo, mas somente mediante ao pagamento de cerca de US$ 3,75 milhões (aproximadamente R$ 21 milhões), algo completamente descartado pela diretoria, que tem cortado custos para a disputa da Série B.

Benítez magoado

Pelo lado de Benítez, ninguém nega o desejo do jogador pela transferência, mas há também a ressalva de uma certa mágoa por parte do argentino de entender que o Vasco não demonstrou vontade nem esforço de manter o meia no elenco. Estes fatores também acabaram tendo um peso na escolha do atleta de querer vestir a camisa do Tricolor paulista.

Publicidade